quinta-feira, 20 de agosto de 2015

O Terço da Divina Misericórida

"Pela recitação deste terço, agrada-me dar tudo o que me peçam. 
Quanto mais a alma confiar, mais receberá" 
(Jesus a Santa Faustina)

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Solenidade de posse do padre Lizandro Cardoso Goularte

A Paróquia N. Sª da Conceição tem novo pároco desde a noite de domingo, 19 de julho, quando aconteceu a solenidade de posse do padre Lizandro Cardoso Goularte.

A celebração foi presidida pelo Bispo Auxiliar da Arquidiocese de Porto Alegre, Dom Leomar Antonio Brustolin e concelebrada pelo Vigário Episcopal do Vicariato de Canoas, Pe. Darley José Kummer, o vigário geral da Arquidiocese, Pe. Gustavo Haas, o Coordenador de Pastoral, Pe. Silmar Antônio Possa e pelo Pe. Juliano Heck, referencial da Iniciação à Vida Cristã.

Logo no início da missa foi lida para a Assembleia a carta de posse do novo pároco pelo Vigário Episcopal.

No decorrer da homilia foram apresentadas aos fiéis as responsabilidades do novo pároco quando Dom Leomar entregou nas mãos do novo pároco as chaves da Igreja e do Sacrário, o Livro dos Evangelhos e deu posse aos Locais Sagrados: Cadeira Presidencial e Confessionário. Dom Leomar pediu que a comunidade se comprometa a construir a Pia Batismal em substituição à jarra batismal.

Padre Lizando fez a Renovação das Promessas Sacerdotais e a Profissão de Fé.

No final da celebração aconteceu a assinatura do termo de posse do novo Pároco.


O ex-pároco, padre Wagner Cardoso Bianchini foi transferido para a Catedral Metropolitana, em Porto Alegre, onde atuará como vigário paroquial.


 




















sexta-feira, 3 de julho de 2015

Projeto da Iniciação da Vida Cristã será apresentado às lideranças do Vicariato de Canoas


O fortalecimento da caminhada da Igreja passa pela Iniciação à Vida Cristã. Pensar essa caminhada requer envolvimento de todas as lideranças. Neste sentido, o Vicariato de Canoas quer animar a todos - clero, religiosos/as e as lideranças leigas – na caminhada pastoral a ser realizada em todo o conjunto da Arquidiocese de Porto Alegre.

Por isso, o pré-projeto de Iniciação à Vida Cristã será apresentado às lideranças locais durante a reunião das pastorais do Vicariato. O encontro será realizado no sábado, dia 11 de julho, a partir das 8h30min, no salão paroquial da Paróquia São Luís Gonzaga.

O encontro será assessorado pelo Bispo Auxiliar de Porto Alegre, Dom Leomar Brustolin. Uma convocação foi enviada por e-mail às paróquias. Esta será a primeira reunião das lideranças do Vicariato de Canoas com novo vigário episcopal, Pe. Darley Kummer.

Em 1 de julho de 2015, às 9h 18min

segunda-feira, 29 de junho de 2015

29 de junho - são Pedro e são Paulo


A Igreja do mundo inteiro celebra a santidade de vida de São Pedro e São Paulo apóstolos.

Estes santos são considerados "os cabeças dos apóstolos" por terem sido os principais líderes da Igreja Cristã Primitiva, tanto por sua fé e pregação, como pelo ardor e zelo missionários.

Pedro, que tinha como primeiro nome Simão, era natural de Betsaida, irmão do Apóstolo André. Pescador, foi chamado pelo próprio Jesus e, deixando tudo, seguiu ao Mestre, estando presente nos momentos mais importantes da vida do Senhor, que lhe deu o nome de Pedro. Em princípio, fraco na fé, chegou a negar Jesus durante o processo que culminaria em Sua morte por crucifixão. O próprio Senhor o confirmou na fé após Sua ressurreição (da qual o apóstolo foi testemunha), tornando-o intrépido pregador do Evangelho através da descida do Espírito Santo de Deus, no Dia de Pentecostes, o que o tornou líder da primeira comunidade. Pregou no Dia de Pentecostes e selou seu apostolado com o próprio sangue, pois foi martirizado em uma das perseguições aos cristãos, sendo crucificado de cabeça para baixo a seu próprio pedido, por não se julgar digno de morrer como seu Senhor, Jesus Cristo.
Escreveu duas Epístolas e, provavelmente, foi a fonte de informações para que São Marcos escrevesse seu Evangelho.

Paulo, cujo nome antes da conversão era Saulo ou Saul, era natural de Tarso. Recebeu educação esmerada "aos pés de Gamaliel", um dos grandes mestres da Lei na época. Tornou-se fariseu zeloso, a ponto de perseguir e aprisionar os cristãos, sendo responsável pela morte de muitos deles.
Converteu-se à fé cristã no caminho de Damasco, quando o próprio Senhor Ressuscitado lhe apareceu e o chamou para o apostolado. Recebeu o batismo do Espírito Santo e preparou-se para o ministério. Tornou-se um grande missionário e doutrinador, fundando muitas comunidades. De perseguidor passou a perseguido, sofreu muito pela fé e foi coroado com o martírio, sofrendo morte por decapitação.
Escreveu várias Epístolas e ficou conhecido como o "Apóstolo dos gentios".